UM CAMINHO MAIOR


Um Caminho Maior

Diante dos horrores que hoje presenciamos no mundo, podemos perguntar-nos: estamos preparados para nos manter em equilíbrio?
Atualmente já se podem criar na humanidade terrestre harmonias individuais e grupais de qualificada integridade, e que tal integridade se faz pelo estabelecimento de relações suprafísicas entre os seres. Apesar das atuais imperfeições, das lutas, das discórdias e da infelicidade terrenas em que vive a humanidade, pode-se atingir um novo estado, que elevará tudo a um plano que ainda não se conhece.
Enquanto houver meramente interesses materiais, a estrutura da vida será imperfeita, e esse é um dos problemas a serem resolvidos na superfície do planeta. Cuida-se do que é temporal, físico, social, ignorando-se dimensões mais sutis. Tal perspectiva só se ampliará quando a natureza do homem se desenvolver além de si mesma, quando deixar de limitar-se aos seus aspectos naturais, como normalmente acontece. Só pode haver vida integrada no Todo quando a busca de coisas materiais deixar de ser exclusiva, quando predominar a busca de conhecimento.
Até que ponto cada um de nós se volta para as dimensões sutis da vida? Somos capazes de manter estáveis a atenção e a consciência na realidade interna, subjetiva, da existência?
O que nos é necessário, nestes tempos de desconcerto e confusão, é ordenar a própria vida a partir do contato com a existência interior. Ao estabelecer esse contato, poderemos transcender velhos conceitos e entrar em harmonia com o universo. Os que forem conseguindo esse novo equilíbrio ajudarão os demais. As bases da vida interior são o serviço, a cooperação, o respeito e a tolerância mútua.
Atualmente é notório o fato de os que se encontram na trilha espiritual terem de vencer provas especiais de vários tipos. Não se pode dizer que sejam provas fáceis. Mas hoje nos é oferecida uma oportunidade de integração em realidades internas muito abrangentes. O estado de consciência a ser alcançado pelo ser humano pode chegar a uma escala cósmica, e a Terra será então cumulada de dádivas. Alcançá-lo depende de não mais nos sujeitarmos à mente comum e ignorante, mas transcendê-la até atingirmos a intuição e a espiritualidade. Se a vida interior de cada ser integrar-se nas Hierarquias espirituais, haverá na Terra uma existência aperfeiçoada e realizada.
Sim, seres imateriais, irmãos nossos mais evoluídos, formam Hierarquias de Luz. Alcançaram essa meta e agora habitam dimensões sutis de vida. Prestam ajuda em diferentes planos da existência, e o fazem a partir de níveis profundos de consciência. Não fosse sua presença, certamente o desequilíbrio planetário já teria atingido estágios irreversíveis e comprometedores para a evolução da vida humana. Esses seres nos abrem um caminho maior.
Lembremo-nos de que a criativa e dinâmica obra da evolução deixaria de ser compreendida se permanecêsse-mos circunscritos ao que sabemos. Tudo se pode ampliar. Descobertas inusitadas nos aguardam, e de diversas maneiras podemos chegar a elas.
Trigueirinho