Nova Era

Os novo ciclo já começou fazem algumas décadas. A energia do planeta passa por uma mudança que move a vida.
Por milhares de anos a energia global esteve nas montanhas dos Himalayas e agora, transferiu-se para o outro lado do planeta, para a Cordilheira dos Andes.
E da mesma forma, depois de milhares de anos de energia masculina dominante, as mulheres estão iniciando um período de natural intuição e criatividade.
Se por um lado as mulheres, ou a porção feminina é criativa e intuitiva, os homens, ou a porção masculina é racional e lógica. Ambos em suas mentes e corpos funcionando de maneiras similares, mesmo que algumas feministas radicais ou algumas religiões e culturas arcaicas ainda queiram que a humanidade seja apenas comparada apenas por órgãos genitais.
Por que a criação, Deus, ou o universo, como queira chamar, perderia milhões de anos na polaridade, se apenas parte dela fosse um diferencial?
Homens possuem uma porção feminina, assim como as mulheres têm seu lado masculino.
É da natureza masculina a força bruta e é próprio da parte feminina a beleza e a criação. O quanto cada aspecto se manifesta indica o grau de evolução de cada ser.
Toda pessoa que utiliza sua criatividade, que a desenvolve de forma consciente, vai ter sua feminilidade estimulada e trabalhada. No caso das mulheres, como graça e beleza nos seus atos. Nos homens, como gentileza, suavidade.
Quando se estimula a energia de ação, o princípio masculino é exercitado, e faz com que o homem seja mais enérgico e a mulher, mais decidida e segura.
Um complementa o outro. E um é diferente do outro.
Se você olhar o símbolo do Tao, dos princípios Ying e Yang verá que se interpenetram e que dentro de cada um, está um pequeno círculo indicando a presença do outro em essência e semente. Um torna-se o outro.
No sexo tântrico, homem e mulher se fundem, e tornam-se um só. E conhecem Deus em si mesmos.
Mas a maioria da humanidade ainda está dividida, o processo de transformação e mudança para esta nova era, que já começou, não acontece do dia para a noite.
Nos pequenos atos de cada ser, estão contidas as pequenas chaves que abrirão as portas de cada célula de seu coração, cada partícula de sua energia para uma nova sintonia.
Gilberto Prabuddha