A idade chega para todos

A idade chega para todos

Sempre se lembre que a pele se enruga o cabelo se torna branco, os dias se transformam em anos mas o importante não muda eu espírito é o espanador de qualquer teia de aranha atrás de cada linha de chegada, há uma de partida atrás de cada engano, há outro desafio

Enquanto estiveres vivo, sinta-se vivo se fizestes algo diferente, volte a fazê-lo não vivas de fotos amareladas segue em frente ainda que todos esperem que desistas não deixes que se oxide o ferro que existe em ti faz que, em vez de pena, tenham respeito por ti.

Quando, devido à idade, não possas correr, ande depressa quando não possas andar depressa, caminha quando não possas caminhar, usa a bengala mas não pares nunca!!!

Camille Claudel