A importância das cicatrizes


A importância das cicatrizes

Quando decidimos agir, alguns excessos acontecem. Diz um velho ditado culinário: “para fazer um omelete é preciso quebrar o ovo”.

Quando decidimos agir, é natural que surjam conflitos inesperados. É natural que surjam feridas no decorrer destes conflitos. As feridas passam: permanecem apenas as cicatrizes.

Isto é uma benção; estas cicatrizes ficam conosco o resto da vida, e vão nos ajudar muito. Se em algum momento -–por comodismo ou qualquer outra razão – a vontade de voltar ao passado for grande, basta olhar parra elas.

As cicatrizes vão nos mostrar a marca das algemas, vão nos lembrar os horrores da prisão e continuaremos caminhando para frente.

(Paulo Coelho)